Quem Somos

Conheça a SBPA

A SBPA fundada em 13 de março de 1978, em São Paulo, foi a primeira instituição junguiana na América Latina a se tornar membro da IAAP (International Association for Analytical Psychology).

 

Muitos nomes ficaram inscritos na trajetória da Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica -SBPA. Os primeiros a serem destacados são justamente aqueles que, além de estarem implicados em sua fundação, ainda hoje se mantém desenvolvendo atividades na Sociedade: Carlos Amadeu Botelho Byington, Carlos Roberto Martins Lacaz, Iraci Galiás, José James de Castro Barros, Mery Rosemblit (membro honorário), Nairo de Souza Vargas. Os outros membros fundadores foram: Frederico Lucena de Menezes, Glauco Ulson, Maria de Lourdes Felix Gentil, Walter Boechat.

O princípio básico que norteia a SBPA é o desenvolvimento da consciência de acordo com o princípio de individuação: buscar a integração do ser humano respeitando sua origem e substrato essencial para alcançar maior flexibilidade e ampliar o seu potencial criativo. O aspecto ético, os valores culturais e de relacionamento, o respeito ao outro e à individualidade são, para nós, parâmetros da maior importância. A instituição tem em vista três grandes metas: formação de analistas, divulgação da Psicologia Analítica e participação na comunidade.

 

Desde 1979, a SBPA oferece através do Instituto de Formação C.G. Jung de São Paulo e da Associada do Rio de Janeiro, curso de formação de analistas, com a finalidade de propiciar aos candidatos os fundamentos teóricos e a prática do exercício profissional de analista na perspectiva junguiana.

sbpa institucional

Com o intuito de desenvolver o estudo dos símbolos da cultura brasileira, foi organizado, em janeiro de 1978, o primeiro Moitará; este nome foi inspirado em uma feira intertribal dos indígenas xinguanos, onde nações indígenas se reúnem e trocam objetos. O Moitará se tornou um instigante encontro multidisciplinar que ocorre anualmente, em um espírito de troca e discussão entre diferentes áreas do conhecimento. Em novembro de 2008 aconteceu em Campos do Jordão, o XXII Moitará: O Humor no Brasil.

 

A Revista Junguiana, criada em 1983, se constitui um órgão de divulgação representativo do pensamento junguiano, com artigos originais que trazem reflexões sobre a teoria e a prática analíticas.

Através do nosso Departamento de Cursos Abertos, oferecemos cursos e palestras dirigidos ao público interessado na Psicologia Analítica. Destacamos também o nosso Ciclo de Cinema e o Fórum de Monografias, ambos com freqüencia mensal.

A Clínica da SBPA presta atendimento à população, e dispõe de grupos de estudos e de supervisão; além disso, através dos seus núcleos, oferece cursos de aperfeiçoamento e espaços de discussão e reflexão em áreas específicas, sempre com a ótica proposta pela Psicologia de Jung.

 

Somos um canal de expressão do pensamento junguiano. A SBPA espera contribuir cada vez mais e melhor em seu compromisso com os indivíduos e com a cultura.

Entre em Contato Conosco