Segunda Pedra

segunda-pedra-1

Segunda Pedra

segunda-pedra-1[…] Os e-mails começaram a se desencontrar. Seria mau presságio? Que mania de ver intenção em tudo. Um charuto às vezes é apenas um charuto, afirmou categórico o pai da psicanálise.

Achou ele seco na mensagem da manhã e já se pôs a fantasiar. Foi até a Lua. Atração, Repulsão, Gravidade; onde ela se encaixava? Não dava para aquela história terminar em poeira. Se só virtual , acabaria se desgastando. A cada desencontro, matava um pouco a esperança e via crescer a frustração. Afinal, aquele encontro improvável naquela fatídica sexta-feira era ou não era para ter continuidade? […]

Sylvia Mello