Venenos e Antídotos

Prata da Casa: Venenos e antídotos: Ensaios sobre a Clínica Junguiana e mitologia grega

**VAGAS ENCERRADAS**

 

Com Sylvia Mello Silva Baptista, Psicóloga, membro analista da SBPA – SP.“Há muitos anos dedico-me a estudar mitologia grega, bem como a refletir sobre a clínica que pratico em meu consultório. O encontro desses dois universos, a sabedoria dos mitos e o mistério da psique, produziram em mim a necessidade incontinenti de passar para o papel impressões que se impunham às minhas tentativas de compreensão do que se passa na alma humana. Ao longo desse tempo, escrevi artigos para revistas de psicologia, em especial a revista Junguiana, publicada pela SBPA (Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica) e a revista Jung & Corpo, publicada pelo curso de especialização Jung e Corpo do Instituto Sedes Sapientiae, além de produzir textos para congressos, e outros, mais informalmente, para blogs. Em determinado momento, passei a me perguntar se tal produção poderia conter um fio condutor e comecei a perscrutar os temas que saltavam desses escritos, como quem adentra o estudo de um mito buscando um mitologema, um tema de repetição, algo insistindo em se fazer visível. Encontrei, como numa exposição retrospectiva, uma tendência de meu olhar recair sobre as questões“dos abusos psíquicos, das cegueiras, dos enganos, e também das transformações, do movimento, da criatividade, das trocas. Havia ali – como diria Michel Maffesoli1 – uma unicidade na diversidade, que tentei sintetizar no título: Venenos e Antídotos.”

 

Existem situações que nos envenenam, intoxicam-nos, relações que nos trazem sofrimento. Outras nos libertam, arejam, encorajam-nos e acordam nossos heróis interiores. Essas vivências, quando conscientes, tornam-se importantes potências. Nada mais rico do que encontrar nos mitos expressões simbólicas das realidades anímicas. Lemos uma história e identificamos uma metáfora passível de ser reconhecida em uma experiência que tivemos – e que jurávamos ser tão absolutamente pessoal. Pensar a psique juntamente à mitologia abre um leque de possibilidades de compreensão de nós mesmos, além de nos sinalizar modos de encaminhamentos da energia psíquica, antes represada na repetição de padrões sem sentido.”

 

“Além de mitos, fiz uso de poesias, filmes e canções, imagens espalhadas por esse caminho onde o deus Hermes – deus dos viajantes, entre outros tantos epítetos –, fez-se uma constante, como poderão verificar. É a ele que presto minhas profundas homenagens. Foi em honra a essa divindade, sempre comigo, encantando-me e me guiando, que organizei este livro.”

 

Vagas limitadas. Reserve: pelo e-mail: inscricao@sbpa.org.br
Informações pelo tel 11 2501-4859
Local: SBPA-SP: R. Dr. Fláquer, 63, Paraíso, São Paulo.